Como fazer a dieta do ovo (cardápio completo)

A dieta do ovo é baseada em incluir de 2 a 4 ovos por dia, em 2 ou mais refeições, o que aumenta a quantidade de proteína na dieta e gera um aumento da sensação de saciedade, evitando que a pessoa sinta fome tão facilmente. Além disso, esta dieta também é baixa em carboidratos e calorias, favorecendo a perda de peso.

Embora esta dieta possa ser usada para emagrecer, é importante ter orientação de um nutricionista para que seja feita uma avaliação completa e elaborado um plano nutricional adequado, especialmente porque esta dieta pode ser bastante restritiva.

Cuidados

A dieta do ovo não deve ser feita de modo em que o ovo seja consumido em excesso. Por ser um alimento rico em proteína, o excesso pode aumentar o ácido úrico, colaborar para a perda de cálcio nos ossos, aumentar as chances de cálculo renal e aumento de colesterol

Após as 2 semanas de dieta, é necessário manter uma alimentação equilibrada com o uso preferencial de alimentos frescos, evitando o consumo de alimentos processados.

Para acelerar o processo de emagrecimento e manter o peso e a saúde após a dieta, também é importante praticar atividade física regularmente, como caminhar, correr ou dançar, por 30 a 60 minutos, 3 vezes por semana.

Efeitos secundários e contraindicações

Pessoas que não têm por hábito ter uma alimentação balanceada podem, após o término da dieta do ovo, sofrer de efeito sanfona, ganhando mais peso do que se tinham no início da dieta.

Além disso, devido à pouca quantidade de carboidratos, algumas pessoas podem sentir cansaço fácil e náuseas ao longo do dia.

Esta dieta não deve ser feita por pessoas com condições de saúde onde está contraindicada a ingestão exagerada de proteína, como acontece em pessoas com doenças renais ou insuficiência renal crônica, por exemplo, ou que tenham alergia ou intolerância ao ovo.

Benefícios da Dieta do ovo

  • O ovo oferece proteínas de alto valor biológico
  • É na clara que se encontra a proteína. As proteínas são necessárias para a síntese e recuperação muscular, sendo aliados para praticantes de exercícios físicos
  • possui componentes fundamentais para o bom funcionamento do organismo como enzimas, hormônios e para o transporte de substâncias pelo sangue
  • A gema, carrega vitaminas essenciais ao organismo, como a vitamina A, E e D
  • O tipo de gordura predominante da gema é do tipo monoinsaturada, considerada, um tipo de gordura “boa”
  • O ovo possui vitaminas do complexo B, como a biotina, riboflavina e a colina, responsável pelo funcionamento de diversas ações neurológicas, como contração muscular e memorização